Erro de cálculo do governo federal reduz auxílio financeiro e prefeitos são pegos de surpresa com FPM

Prefeitos do Rio Grande do Norte começam a botar as mãos na cabeça.

É que o FPM que será liberado amanhã, em vez de acrescido de 0,5% do auxílio financeiro acordado com o governo federal, será acrescido mesmo de 0,25%.

As contas foram feitas pelo prefeito de Campo Redondo, Alessandru Alves, explicando que os 0,5% se transformaram em 0,25% porque o cálculo teria que ser feito com base nos últimos 12 meses, mas foram feitos com base nos 6 meses deste ano.

Na expectativa de receber em torno de 200 mil reais, Alessandru vai receber, no município com coeficiente 0,8, menos de 90 mil reais.

Alessandru diz que a informação que os municípios recebem, via Federação dos Municípios, é que houve um erro de digitação por parte do governo federal e que será reparado até agosto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>